segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Um livro para a ilha

Propusemos a vários elementos do nosso agrupamento que nos indicassem qual o livro que levariam para uma ilha deserta e que escolhessem alguns parágrafos que o ilustrassem...

Esta foi a proposta da professora Maria João Cartaxo, responsável pelas bibliotecas do nosso agrupamento:

"As velas ardem até ao fim" de Sándor Márai
Editor: Dom Quixote
ISBN: 9789722020626
2001


É um livro sobre a amizade pura e incondicional, a amizade que resiste e sobrevive ao tempo e à distância, a verdadeira amizade… Levá-lo-ia para uma ilha deserta e, no meio do silêncio e da solidão, recordaria, certamente, os meus verdadeiros amigos.

«O amigo, assim como o namorado, não espera recompensa pelos seus sentimentos. Não quer contrapartidas, não considera a pessoa que escolheu para ser seu amigo como uma criatura irreal, conhece os seus defeitos e assim o aceita, com todas as suas consequências. Isso seria o ideal. E na verdade, vale a pena viver, ser homem, sem esse ideal?» (pág. 82)"

Sem comentários: